Blood Orange em duas concepções de família no videoclipe de ‘Charcoal Baby’



O multifacetado Dev Hynes, o nome por trás do projeto Blood Orange, anunciou recentemente o álbum Negro Swan, que chega às lojas no dia 24 de agosto pela Domino. Depois de mostrar a capa do registro, o artista apresenta o tratamento visual do single “Charcoal Baby”, dirigido por Crack Stevens.

A faixa, conhecida do público há algum tempo durante os shows do Blood Orange, surge encorpada por riffs de guitarras melódicas com um refrão poderoso que deu título ao disco: “ninguém quer ser o cisne negro”. A música foi co-escrita por Aaron Maine, do Porches, e o vídeo traz a fala de uma mulher com a seguinte citação:

“Você me pergunta o que é a família e penso na família como comunidade. Eu penso nos espaços onde você não tem que se encolher, onde você não tem que fingir ou se apresentar. Você pode se mostrar completamente e ficar vulnerável em silêncio, completamente vazio, e isso é o suficiente. Você aparece como você é, sem julgamento, sem ridículo, sem medo ou violência ou policiamento ou contenção, e você pode estar lá, e você é preenchido durante todo o caminho. Nós escolhemos nossas famílias. Nós não somos limitados pela biologia. Nós conseguimos nos fazer, e conseguimos fazer nossa família.”

O vídeo traz a concepção de duas famílias sob olhares diferentes com a tela dividido ao meio.

Tecnologia do Blogger.