Ladytron embarca numa jornada de amor e violência no clipe de ‘The Animals’



O Ladytron finalmente quebra o silêncio de sete anos, desde o álbum ‘Gravity The Seducer’, e começa a mostrar o material inédito, resultado de um financiamento no Pledgemusic. Conhecidos durante a febre do eletroclash nos anos 2000 e pelas músicas “Playgirl” e “Destroy Everything You Touch”, a banda mostra que continua imponente mesmo com a distância entre os músicos.

Daniel Hunt, um dos membros fundadores do Ladytron, mora em São Paulo desde 2013 e conta, em entrevista à Vice, que a produção funciona de maneira remota e só depois se unem para gravar o material. Sendo assim, o próximo disco da banda está previsto para sair no segundo semestre do ano.

O primeiro single “The Animals” é uma junção de todas as referências que marcaram a trajetória do grupo. Sintetizadores e batidas quase filarmônicas fixa a marca registrada dos britânicos, que continuam oscilando entre o sombrio e o visceral.



O clipe, no entanto, é uma “carta de amor à São Paulo”, como conta Hunt na entrevista. O produtor se uniu ao diretor Fernando Nogari, de “Leone” da Marina Gasolina e o curta “Aquilo Que os Jovens Chamam de Música”, para produzir a peça visual do single. O cenário não poderia ser outro se não a cidade atual de Daniel, porém foram mais longe, as cenas acontecem no Minhocão, os karaokês da Liberdade, Radial Leste e até Guarulhos.

A obra, estrelada por elenco brasileiro, é um retrato do atual cenário político e violento no centro da cidade. O vídeo mostra a história de jovens em busca de diversão, amor e descobertas na grande cidade ao mesmo tempo que revela a violência e intolerância de uma sociedade doente.

Tecnologia do Blogger.