ANOHNI surge cada vez mais empoderada e política no EP ‘Paradise’



Para a cantora e compositora inglesa ANOHNI, expressar suas opiniões através da música é um ato político. Essa premissa ficou bem clara no álbum ‘HOPELESSNESS’, lançado no ano passado e que nos apresentou as ótimas “Drone Bomb Me” e “Crisis”. Dessa vez, ela retorna ainda mais experimental no EP ‘Paradise’, lançado hoje (17) nas plataformas digitais.

O registro conta com a conhecida “Paradise”, que tenta encontrar um conceito de ‘paraíso’ para pessoas LGBT dentro de um cenário político e cultural. No mesmo compacto, as outras cinco faixas inéditas também caminham na mesma direção, ora indagando a religiosidade, ora colocando em dúvida a segurança e direitos de um país liderado pelo descaso de seus líderes – até mesmo citando o nome do presidente Donald Trump.

O EP traz, sonoramente falando, a mesma estética do álbum anterior, porém é evidente o uso de certas técnicas experimentais, como sons orgânicos, batidas em portas e o ambiente em que está inserido.

Tecnologia do Blogger.