Depeche Mode retorna politizado em ‘Where’s the Revolution’, primeira faixa do álbum ‘Spirit’



O Depeche Mode acaba de divulgar a primeira faixa do seu décimo quarto álbum de inéditas, intitulado ‘Spirit’, chamada “Where’s the Revolution”. O registro traz a produção colaborativa de James Ford, produtor e um dos integrantes do Simian Mobile Disco, que já trabalhou em músicas de Florence + the Machine, Klaxons, Foals e Arctic Monkeys. Esse é o primeiro registro da banda desde o disco ‘Delta Machine’, de 2013.

A faixa é um synthpop nebuloso e visceral que caminha na direção certa das produções dos britânicos, porém é no refrão que a canção ganha força. Dave Gahan entoa os versos politizados da música como se estivesse convocando a todos para fazer a diferença quanto aos nossos direitos como cidadão e ser humano.



Carregada de sintetizadores espaciais, “Where’s the Revolution” mantém o pé no passado, quando o Depeche Mode marcava sua carreira com faixas intensas e bem produzidas, mas sem esquecer das tendências musicais do futuro. Baita acerto.

O álbum ‘Spirit’ está agendado para chegar às lojas em 17 de dezembro e, segundo a Q Magazine, esse será “o álbum com mais energia do Depeche Mode”. My body is ready!

Tracklist

01. Going Backwards
02. Where’s the Revolution
03. The Worst Crime
04. Scum
05. You Move
06. Cover Me
07. Eternal
08. Poison Heart
09. So Much Love
10. Poorman
11. No More (This is the Last Time)
12. Fail

Disc 2 – Deluxe Edition
01. Cover Me (Alt Out)
02. Scum (Frenetic Mix)
03. Poison Heart (Tripped Mix)
04. Fail (Cinematic Cut)
05. So Much Love (Machine Mix)
Tecnologia do Blogger.