[Radar] Conheça os britânicos do Fickle Friends e seu indie pop maravilhoso



Fickle Friends é uma daquelas bandas que te pega de jeito logo de cara. Prova disso é o pegajoso single “Swim”, que vai tocar na sua playlist à exaustão – falo por experiência própria.

Formado por Natassja Shiner, Jack Wilson, Harry Herrington, Chris Hall e Sam Morris, a banda foi criada no Reino Unido, mais precisamente em Brighton, Inglaterra, em 2013. Desde então, o quinteto tem nos presenteado com faixas como a já citada “Swim” e a deliciosa “Brooklyn” – apenas para citar algumas.


Estreando seus singles desde 2014, a banda veio modificando sutilmente sua sonoridade e transitando por diversos estilos, como é possível observar em “Play”, canção de estreia e que se aproxima de trabalhos de gente como Two Door Cinema Club, com suas guitarras espertas e apelo festivo.

Já em 2015, o Fickle Friends debutou com seu EP de estreia, o ótimo ‘Velvet’, que deu ainda mais espaço para teclados e uma sonoridade mais oitentista, como é possível observar em “Could Be Wrong” e na faixa-título do compacto.


Em seguida, o grupo incorporou elementos de new wave e synthpop em suas composições, criando verdadeiras pérolas modernas, prontas para animar todos os lugares onde tocarem, como é o caso de “Say No More” e “Cry Baby”.


Atualmente a banda está sob os cuidados do selo Polydor e grava nos Estados Unidos o disco de estrei,a em parceria com Mike Crossey, produtor responsável por alguns dos álbuns de Arctic Monkeys, Foals, Keane e The Kooks.


Saiba mais sobre o Fickle Friends curtindo sua página no Facebook e ouvindo suas faixas no Spotify.
Tecnologia do Blogger.