NADAL se despede de um relacionamento ruim no videoclipe de ‘Goodbye Pisces’



O músico, cantor e compositor santista Lucas Nadal (a.k.a. NADAL) é um dos nomes promissores do rock nacional para ficar de olho. O artista lançou, no início do mês, o EP ‘Goodbye Pisces’, sucessor dos álbuns ‘Train Wreck’ (2013) e ‘Flesh and Blood’ (2015) em que flerta com o punk e grunge dos anos 90 em composições sobre experiências pessoais.

Encontrando inspirações em nomes como Nirvana, Black Sabbath, Iggy Pop e PJ Harvey, NADAL ascende uma geração passada que se apoiava em mensagens de atitude, política e relacionamentos – temas muito comuns do rock daquela época.

“Goodbye Pisces” segue na mesma linha de pensamento. É uma composição de autoconhecimento, permitir-se que alguém também o conheça e estar ciente dos limites onde uma relação deve ir. A atmosfera lisérgica e crua da produção deixa no ar o deboche e descontentamento do autor sobre esse tema, momento em que o amor já não faz mais sentido e ele precisa ir embora (referência ao título da faixa e o signo de peixes).



O videoclipe da canção, dirigido por Alex Girardi e Otavio Augusto Guarino, mostra o cantor entre aquários com peixes, sobreposições e efeitos psicodélicos numa estética retrô noventista.

O EP ‘Goodbye Pisces’ traz cinco faixas bem produzidas, compostas pelo músico, e que podem ser ouvidas no streaming abaixo.

Tecnologia do Blogger.