[Radar] Conheça a francesa Jain e seu som multicultural



A cantora e produtora Jain é tema da Radar dessa semana. Natural de Toulouse, França, a jovem de 24 anos apresenta uma sonoridade multicultural e diversa, fruto das suas muitas viagens pelo planeta junto de sua família.

Durante sua infância, a artista foi viver com sua família em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Nessa época, estudou percussão árabe através do instrumento Tabla, uma espécie de tambor duplo composto por um maior e um menor.


Em seguida, Jain mudou-se para o Congo, já por volta dos seus 15 anos. Esse período foi onde ela começou a produzir suas primeiras faixas, em parceria com o beat-maker congolês Mister Flash. Depois disso, a artista foi para Abu Dhabi, com o objetivo de realizar uma graduação na universidade, aproveitando também para aprender árabe.

Após finalizar sua graduação, a musicista retornou a França, onde iniciou os estudos na escola de artes de Paris, indo depois para o sul do país, para produzir suas novas composições, após aprender por dois anos a tocar bateria.


Jain passou por diversos países em sua adolescência e juventude. Além dos já citados, a artista esteve também na Índia, Jordânia, Austrália, Madagascar, Omã, Namíbia, Senegal, EUA e boa parte da Europa.  Suas andanças pelo mundo refletem no seu modo de fazer música, que se apresenta de uma forma extremamente diversificada.

Em tempos de discussão sobre apropriação cultural, a francesa posiciona-se sobre sua música, afirmando que ama música africana e grande parte do que é foi moldado por essas influências e choques de cultura.



A artista transita pelos gêneros de forma fluida e suave, apresentando um som versátil e interessante, que flerta com elementos africanos, jazz, reggae, rap, folk, música eletrônica, entre outros no seu disco de estreia, intitulado ‘Zanaka’, que significa “criança que ainda não atingiu a adolescência”, em malgaxe, a língua falada em Madagascar.


Saiba mais sobre Jain curtindo sua página no Facebook e ouvindo suas faixas no Spotify.

Tecnologia do Blogger.