Toca do Bandido, o templo sagrado de Capone, na Converse Rubber Tracks



Luís Antônio Ferreira Gonçalves, mais conhecido como Tom Capone, é o nome por trás da memória da música brasileira no início dos anos 2000. A trajetória com música começou na década de 1980 quando se mudou para ao planalto central e explorou suas raízes no rock, porém foi nos anos 90 que começou a trabalhar com produção musical e engenharia de som no Rio de Janeiro.

Anos depois, em 2002, edificou o que seria chamado de templo sagrado da música e um norte para os músicos: o estúdio Toca do Bandido. Dois anos mais tarde, Capone havia sido indicado em cinco categorias do Grammy Latino e, apesar de não levar nenhum gramofone para casa, vivia o auge da carreira. Nunca um brasileiro havia sido indicado para tantas categorias em uma edição. Horas depois, o produtor brasileiro morre em Los Angeles, aos 37 anos.



Tom Capone era um visionário da música. Antes do reconhecimento, trabalhava como operário da música. Adotava diversos gêneros musicais e bancava um projeto, caso precisasse. “Grana não era prioridade. A arte era”, declara a esposa e viúva Constança Scofield. Ele contribuía para diversos artistas com opiniões certas, independente se eram reconhecidos ou não – o que fez de Capone um objeto de desejo para artistas de todo o Brasil.

Hoje, a Toca do Bandido, localizada em um bairro afastado do Rio de Janeiro, se tornou o templo de memórias e realizações do legado de Capone. Além disso, o espaço ainda coleciona adereços valiosos da música brasileira, como um violão todo ferrado do Wander Wildner e uma tela do grafiteiro Speto feita durante um show d’O Rappa.



O Toca vem se transformando em um local para diversos outros projetos interessantes, como o selo Toca Discos, uma galeria de grafite e, futuramente, o projeto pessoal de Constança, a Casa do Rock – uma escola para ensinar jovens músicos a ingressar na carreira. “Esse é o motivo de eu estar aqui”, complementa.

Em outubro desse ano, o Converse Rubber Tracks estacionou na Toca do Bandido, que protagonizou como um dos principais estúdios representando o Brasil. Vale lembrar que a parceria começou em 2014 e a new boss Constança se orgulha de estar no meio de estúdios tão importantes para a música.



Este conteúdo é um publieditorial da Converse Rubber Tracks.
Tecnologia do Blogger.