She-Devils mistura psicodelia, bossa nova e synthpop na faixa ‘Closer’



A vocalista Audrey Ann e o músico Kyle Jukka seriam grandes chefs se a arte que produzissem estivesse na cozinha. Sem pudores, misturaram o pop francês dos anos 60, a psicodelia, a bossa nova, surf music e o synth pop contemporâneo no recém lançado She-Devils. Uma ousadia muitíssimo bem vinda!

Audrey e Kyle são de Montreal, no Canadá, o que explica a presença divertida do pop de divas como Françoise Hardy e Jane Birkin. E para a nossa felicidade, o primeiro single da dupla já tem videoclipe! Em "Closer", perdida em meio aos filmes de plástico colados no tapete e as bolinhas de isopor, há uma sensualidade desengonçada, típica dos vídeos caseiros que invadiram a nossa aldeia virtual. Mas tudo bem, a gente se encontra rapidamente em uma "tosqueira" bem produzida.



O primeiro EP da dupla será lançado no dia 15 de janeiro, e além da produção de Kyle Jukka, recebe ainda a mixagem e a produção adicional de Matthew Otto. Visite o BandCamp do She-Devils aqui para ajudar a banda com o lançamento do projeto!
Tecnologia do Blogger.