Precisamos conversar sobre Claudia Kane e seu excelente single 'Residents of Darkness'



Claudia Kane é uma cantora natural de Londres, detentora de apenas dois singles em sua curta trajetória. A artista seria apenas mais um nome da já lotada cena alternativa inglesa, não fosse ela detentora de uma faixa chamada "Residents of Darkness".

A composição - originalmente lançada em 2013 e reeditada esse ano após a inglesa assinar contrato com a Sony Music - funciona como se Lana Del Rey visitasse um clube de musica eletrônica dos anos 90, basicamente. Com seu pé firmado na house music, junto de um melancólico piano e toques com um que de sobrenatural servindo como base para a faixa, "Residents of Darkness" possui ainda o hipnotizante vocal de Kane conduzindo a interessante mistura, gerando inevitáveis comparações com Del Rey.

A comparação é ainda mais evidente se observarmos o vídeo dado à canção, feito de forma caseira e completamente amadora, alternando closes da artista com cenas de clubes noturnos e festivais, totalmente nos moldes dos primeiros clipes da norte-americana.


Nessa sexta, Kane lança seu EP de estreia, ainda sem título divulgado, e um novo videoclipe, que provavelmente pertence ao seu outro single, a ótima "Darling Is Not My Name", canção que bebe das mesmas fontes já citadas, dando mais ênfase ao lado melancólico da londrina, acompanhado de eletrônica bem mais suave e sofisticada.


Paralelo ao lançamento do EP de estreia, Claudia Kane abre os shows de V V Brown no Reino Unido, e empresta seus vocais à faixa "Six Feet Underground", do produtor austríaco Parov Stelar.

Tecnologia do Blogger.