Chløë Black se inspira em David Lynch no videoclipe de ‘Wild At Heart’



Dona de uma voz estonteante, Chløë Black elevou o seu nome na cena pop underground com as canções “27 Club” e “Cruel Intentions”. Influenciada pela sonoridade de artistas como Lana Del Rey e Amy Winehouse, ela se prepara para alcançar novos rumos em 2016 e semeia o solo com a inédita “Wild At Heart”, que propõe uma sonoridade mais elaborada do que as faixas anteriores.

Composta de uma percussão grandiosa e apoiada em base eletrônica, Black viaja do céu ao inferno para falar de coisas que abalam o coração. Ao ouvir a canção, fica difícil não lembrar dos primeiros trabalhos de Del Rey em ‘Born to Die’ (2012).

O videoclipe de “Wild At Heart” traz a direção da fotógrafa Nadia Lee Cohen. Nas imagens, Chløë Black aparece envolvida pela estética noir dos filmes de David Lynch para mostrar um clube de jazz com convidados inusitados.

Tecnologia do Blogger.