RICO mistura influências brasileiras com eletrônicas no EP ‘Ascender’



Nos últimos meses, o paulistano RICO (ex-integrante do Go Spaceship) trabalha arduamente na promoção do EP solo ‘Ascender’, que encontra no conjunto de quatro faixas o motivo certo para a sua eletrônica transcendental e dinâmica. Definir um único estilo/gênero para o seu trabalho pode ser um erro: o objetivo é misturar influências que flertam com sensações e emoções.

“Drama” é a música que abre o trabalho e traz a parceria vocal de Amanda Guarnieri, que deliciosamente adiciona vocais new bossa para falar de coisas que motivam o drama nos dias de hoje. Tudo isso embalado por sintetizadores escrachados, batidas frenéticas e a atmosfera lisérgica do produtor.

As inspirações brasileiras flertam diretamente no trabalho de RICO. “Transe” contempla o house/garage com sample brasuca em clima tropical e chill out. É uma faixa perfeita para celebrar a chegada do verão.



Enquanto isso, “Puro Amor” caminha na mesma direção do deep house e nu-disco. Os vocais desfocados não escondem o desejo de ser amado completamente e evoca uma espécie de ritual psicodélico e delirante que pode agradar os fãs de Disclosure. “Fim”, como o próprio título sugere, fecha o EP de maneira gloriosa – capaz de ativar o desejo do repeat.

Em tempo, o produtor é um dos nomes na terceira edição do Brazilian Disco Club e apresenta a inédita “Vem”. Synths espaçados, batidas tropicais e samples que convidam para uma noite inesquecível formam a deliciosa produção.

Tecnologia do Blogger.