[Radar] Conheça Jose Gonzalez e sua maravilhosa música folk



Quando se trata da Suécia, música de qualidade não é problema. Não importa o estilo: independente de qual for, somos agraciados com nomes de peso, donos de sonoridades únicas e recheadas de talento. Gente como Robyn, Lykke Li, Tove Lo, iamamiwhoami, Kate Boy, entre muitos outros estão aí para provar o que digo.

Quando assisti “A Vida Secreta de Walter Mitty”, nos primeiros dias de 2014, logo após seu lançamento aqui no Brasil, me deparei com paisagens impecáveis e atuações medianas, acompanhadas de uma trilha sonora espetacular.

Ignorando meu lado crítico de cinema, a trilha sonora contava com faixas interpretadas por nomes interessantes, como os islandeses do Of Monsters and Men, David Bowie, a novata – e já citada aqui na Radar, Grace Mitchell, entre muitos outros. E entre esses não-citados, Jose Gonzalez.


Jose é filho de argentinos que emigraram para a Suécia em 1978. O músico teve influências do folk latino em sua formação, inclusive citando o cantor cubano Silvio Rodriguez como seu preferido.

Embora possua toda essa influência do folk, Gonzalez fez sua estreia no mundo da música em uma banda, pasmem, de hardcore punk. Após esse período, o músico migrou para o gênero que o acompanhava desde sempre, lançando em 2003 o EP ‘Crosses’ e o álbum ‘Veneer’, que contém o fantástico cover de “Heartbeats”, dos também suecos do The Knife, mostrando todo o talento de Jose, ao desconstruir a aura eletrônica da canção e empregar sua delicadeza folk que fez da faixa um dos seus maiores sucessos.


Após esse período, Gonzalez lançou o disco ‘In Our Nature’ (2007), na Suécia, Reino Unido e EUA, tendo como tema as condições humanas, fato explicitado desde o título do trabalho. O registro contou ainda com a faixa “Teardrop”, um cover da banda Massive Attack, sendo que a versão feita pelo sueco apareceu ainda na trilha sonora da série “Wilson’s Heart”. Passados oito anos do último disco, o sueco divulgou seu terceiro registro, ‘Vestiges & Claws’, agora em 2015.

Paralelamente à carreira solo, Jose participa da banda de folk rock Junip, também sueca. Formada em 1998, a banda também participou da trilha sonora de “A Vida Secreta de Walter Mitty”, além de estarem na do filme “Horns”, no Brasil traduzido para “Amaldiçoado”. Junip possui dois discos de estúdio: ‘Fields’ (2010) e ‘Junip’ (2013). Enquanto estão fazendo pausas, Jose investe em sua carreira solo e vice-versa, conseguindo assim administrar os dois projetos.


Acompanhe mais sobre o trabalho de Jose Gonzalez curtindo sua página no Facebook e ouvindo suas faixas no Spotify.
Tecnologia do Blogger.