Buscabulla revela a vida de drag queens porto-riquenhas no clipe de ‘Métele’



Buscabulla significa “problemática” na língua espanhola. É um nome sugestivo para uma banda que mistura bases eletrônicas com certo clima temperamental. Formado por Raquel Berrios e Luis Alfredo Del Valle, ambos porto-riquenhos, o Buscabulla é uma das novas apostas do selo francês Kitsuné. Atualmente morando no Brooklyn, a dupla é fortemente influenciada pela música latina, rock oitentista e inspirações caribenhas. Resultado disso é o EP homônimo lançado em outubro do ano passado.

Entre as quatro faixas presentes no registro está “Métele”, uma das canções principais do trabalho que teve a produção de Devonté Hynes, mais conhecido como Blood Orange. A canção é um synthpop de batidas borbulhantes, sintetizadores nostálgicos e tambores exuberantes. Raquel Berrios evidencia seus vocais sonhadores como uma trilha sonora perfeita do amanhecer.

Para ilustrar a delicadeza da canção, o duo convidou os diretores Dan Sickles e Dr. Antonio Santini para colocar suas raízes na produção audiovisual da música. Eles são responsáveis pelo famoso documentário Mala Mala, sobre a luta de transexuais e transgêneros porto-riquenhas. Nas imagens, três drag queens se preparam para uma noite de trabalho em uma boate da cidade.

Tecnologia do Blogger.