Röyksopp: Sordid Affair / Skulls


O duo norueguês Röyksopp anunciou o lançamento do álbum The Inevitable End para o mês de novembro, encerrando, assim, a promoção do mini álbum Do It Again em parceria com Robyn. Diante das novidades que os produtores vinham colocando em teste ao longo dos dois últimos anos, praticamente todo o material será aproveitado na versão final do trabalho.

Canções como “Running to the Sea” com colaboração de Susanne Sundfør, “Something In My Heart” com Jamie Irrepressible e uma nova versão de “Monument”, em parceria com Robyn estão na tracklist do disco.



Dentre as canções do trabalho, “Sordid Affair” é uma das que mais se aproxima da sonoridade que o Röyksopp vem trabalhando ao longo dos anos. A faixa é um eletropop cortejado por sintetizadores eletrônicos, clima atmosférico com vocais intimistas de Ryan James, da banda Man Without Country – detalhes característicos da produção da dupla. Aquele clima dançante, meio disco, ainda se faz presente, porém com intensidade moderada.



Outra canção chama-se “Skulls”, faixa que abre o disco com grandiosidade. A canção é um eletropop sombrio espacial com vocais robotizados e clima dançante do início ao fim. A produção une as batidas características do álbum Do It Again com certa influência dos primórdios da dupla.

O disco The Inevitable End tem data marcada para ser lançado em 11 de novembro através do selo The Cherrytree Records/Interscope.

Tecnologia do Blogger.