SWIM: RIDE / CREEPER


É cada vez mais comum nos depararmos com boas surpresas que são inspiradas por grandes ícones da música, mas que contagiam ainda mais com uma proposta diferente utilizando os mesmos recursos que algumas bandas já utilizaram antes. Este é o caso do duo inglês SWIM, formado por Joe Boyle e Richard Williams. Vindos de Brixton, suas inspirações estão na fusão entre as músicas do Talking Heads, David Bowie e Tom Tom Club - proposta que deveria soar o mais shoegaze possível, mas que pende para o lado mais sensível da dance eletrônica. Relativamente novos na música, possuem apenas dois singles que foram lançados pela Bad Life, o mesmo selo de música eletrônica do autoKratz.

A primeira faixa de trabalho chama-se "Ride", uma balada indie-eletrônica que cai nos mesmos moldes de Friendly Fires e Two Door Cinema Club. Os sintetizadores marcam presença logo nas primeiras batidas, revelando uma canção ensolarada e na medida certa. O ápice, com certeza, está no refrão: guitarras melódicas se fundem aos vocais deliciosos de Joe. O clipe não fica atrás e traz a dupla na melhor performance "ícone indie" do momento, como se fossem experientes o bastante neste novo cenário que os cercam.



O segundo (e mais recente) single chama-se "Creeper" e traz a produção de David Cox, do autoKratz. Por causa disso, a canção traz uma produção mais eletrônica do que a anterior, abrindo espaço para um synthpop sombrio de proporções grandiosas. O videoclipe também foi produzido à altura por Josh Lawson em uma espécie de jogo entre o sobrenatural e a vida. 


Ainda não há muitas informações sobre o futuro do SWIM, mas de uma coisa é certa: se a vibe for mesmo esta apresentada nas próximas novidades, não temos dúvidas que o duo será a nossa nova paixão ao longo de 2013. Ao que tudo indica, eles estão trabalhando no lançamento do primeiro álbum. Vamos acompanhar.

Tecnologia do Blogger.