AZEALIA BANKS: SUCCUBI


Azealia Banks não pára de arrumar confusão nas redes. O mais novo barraco da cantora revelação rendeu a liberação de uma nova música em protesto à atitude do rapper Jim Jones. Tudo começou quando Banks explicou o verdadeiro significado da palavra "vamp", presente no mega-hit "212", logo após o cantor (também do Harlem) a acusou de plágio referindo-se à sua música "Vampire Life". Se você pensa que ela engoliu a seco esta história, está muito enganado. Alguns dias depois, a faixa "Succubi" apareceu em sua página no Soundcloud.

"Succubi" vem do latim e faz referência ao mito grego onde um demônimo com aparência feminina invadia os sonhos dos homens daquela época a fim de ter relações sexuais para roubar-lhes a energia vital. O trocadilho foi certeiro e cheio de acidez para Jim Jones. No lugar de uma canção dançante (como as já conhecidas "Liquorice" e "212"), uma canção tensa de vocal sério e cheio de rimas e palavrões, como de costume.



Em tempo, Azelia Banks tem liberado prévias do mais recente clipe "Van Vogue", produzido pelo The Hunger TV. Neste mês ela estampa as capas da Spin e Vibe ao lado de ninguém menos que Diplo. Ufa! Essa nega não pára, hein?

Tecnologia do Blogger.