ALANIS MORISSETTE: MAGICAL CHILD


O novo disco de Alanis Morissette pode gerar mistérios quanto à sua produção e lançamento, mas sua contribuição para a coletânea em celebração ao dia das mães acabou de vazar na internet! Trata-se da canção "Magical Child", uma das faixas que entrarão no disco Every Mother Counts Vol. 2, cuja venda acontecerá nos Estados Unidos na rede de cafés Starbucks durante todo o mês de maio. Este trabalho é uma tática de vendas que a instituição Every Mother Counts idealizou para arrecadar fundos e auxiliar mulheres no combate ao câncer de mama. A ONG foi fundada por Christy Turlington Burns e o objetivo deste trabalho é convidar artistas que são pais para lançarem versões exclusivas ou faixas inéditas neste álbum.

"Magical Child" é, obviamente, uma canção de Alanis para seu filho Ever, nascido na noite de natal de 2010. Quanto à produção, a cantora investiu nas bases eletrônicas de Guy Sigsworth - que vem trabalhando junto desde o lançamento de Flavors Of Entanglement (2008). A composição abre espaço para demonstrar todo o seu amor ao filho, comparando-o como um anjo protetor que a guia por onde ela vai. "Quando estou perdida e quando estou desvendando. Quando estou fora do meu caminho e quando eu flutuo. Quando preciso de uma direção verdadeira e alguma certeza, eu chamo a criança mágica - a criança essencial, esta criança angelical e inocente", canta Alanis em um dos versos de "Magical Child".


Alanis Morissette - Magical Child

O novo disco de Alanis Morissette ainda não tem nome e data de lançamento - segundo a Rolling Stone, o oitavo disco da canadense deveria sair em Junho, mas rumores dizem que foi adiado para Setembro. O trabalho trará canções de nomes como "Spiral", "Guardian", "Havoc" e "Celebrity" - esta última seria uma crítica da mesma para artistas que possuem obsessão pela fama. Gravado em um estúdio em sua casa e ao lado do filho, podemos esperar canções com refrões grandiosos, fortes e músicas para pessoas específicas (que obviamente não saberemos quem é!). Ainda não foi confirmado a presença de Guy Sigsworth na produção do disco, porém seu último trabalho rendeu apenas três singles e (apesar de ter sido bem recebido pela crítica) foi considerado o álbum menos original da cantora.
Tecnologia do Blogger.