SAM SPARRO: THE SHALLOW END


Quem estava com saudade do Sam Sparro? Nós também! Depois do sucesso do primeiro disco homônimo e do single "Black and Gold", o cara apresenta a primeira amostra do que será Return To Paradise, seu segundo álbum com previsão de lançamento durante a primavera americana. Nomeada "The Shallow End", a faixa foi lançada com um vídeo dos bastidores da produção do álbum e nos revela um compositor, produtor e músico mais experiente e maduro do que há quatro anos atrás. A produção da nova música ficou à cargo de Jesse Rogg e Greg Kurstin, enquanto o disco também está sob os cuidados de Jono Sloan (Empire Of The Sun) e Lester Mendez (Shakira/Erik Hassle).

A faixa também apresenta uma mudança considerável em suas canções: antes um pop comercial introspectivo e limitado, agora uma produção mais trabalhada, abrangente e sofisticada. "The Shallow End" resgata os diversos estilos que fizeram da música pop comercial ser o que é hoje e apoia-se na disco dos anos 80 como se fosse sua principal arma de defesa. O trabalho está longe de ser original, mas a nova música merece atenção por alguns motivos: Sam fez o que a maioria dos ícones da música eletrônica fizeram em 2011 - com uma bagagem de inspirações na disco house e nos clubes nova-iorquinos, misturou todos os estilos que um dia fizeram sucesso e acrescentou os elementos mais atuais da música comercial. Aliás, a produção da faixa é impecável e passeia por diversos hits-chave do passado, principalmente em "Sex Bomb" de Tom Jones e "Groove Is In The Heart" dos Deee-Lite.


Sam Sparro - The Shallow End

Samples 80s, trompetes e saxofones fazem o embalo de Sam Sparro em meio à "uhu-s" e buzinas de calhambeques. A música é divertida e faz um ótimo retorno do músico depois do fracasso de "Pink Cloud". Se a vibe do disco for essa, podemos dizer que Sam realmente está de volta ao paraíso!

Tecnologia do Blogger.