TALK IN COLOUR » NIGHTSHIFTS


Talk In Colour é um quinteto de Londres que surgiu na web com o lançamento do primeiro single "Nightshifts" nesta semana. Em seu release de apresentação diz que buscam inspirações em bandas como The XX, Battles e Lamb, mas na nossa opinião a sua sonoridade vai muito além disso. À primeira escuta soou como um The Cranberries de 2011, tendo como a vocalista Mary Erksine uma frontwoman de peso no melhor estilo Dolores O'Riordan. Você pode até não concordar com o que eu digo, mas dúvido que os amantes da banda irlandesa dos anos 90 não vão gostar da sonoridade desses britânicos.

"Nightshifts" é uma belíssima canção que une guitarras hipnóticas e baixo analógico com piano e harpas, tudo em sintonia com elementos eletrônicos de intrumentos orgânicos. Cortejada com a temática noturna, a canção celebra o sonho e a lucidez em uma terra de ninguém, ou para os mais inspirados a trilha sonora perfeita para uma viagem à dois no meio da madrugada. Para uma banda de estréia esta é a melhor forma de conquistar o coração de novos ouvintes.

Detalhe interessante é que esta canção mal foi lançada e será tema do filme britânico Junkhearts, previsto para lançamento no começo de novembro. A história conta a vida de Frank, um ex-soldado que sofre de estresse pós traumático, que tem sua rotina abalada pelo resgate de Lynette. O filme estreará nesta sexta-feira no Festival de Cinema de Londres, onde foi indicado duas vezes nas categorias Melhor Revelação Britânica para a diretora Tinge Krishnan e Candese Reid.


Se você gostou de "Nightshifts", saiba que o disco de estréia do Talk In Colour será lançado em fevereiro de 2012 sob o título de Colliderscope.
Tecnologia do Blogger.