BJÖRK ▪ CRYSTALLINE [REMIXES]


A faixa "Crystalline", nova música de Björk, saiu não tem um mês e já foram feitas diversas versões para a nova canção da islandesa. Muitos gostaram do novo single, outros nem tanto - e os pedidos para novas versões tem crescido bastante. Fazendo uma pesquisa no Google, encontrei algumas versões para "Crystalline", ouça-as abaixo e dê a sua opinião.

01. Crystalline (Edit;Erase Remix)
Como o próprio nome diz, parece que esta versão é um re-work da original, editado e apagado onde o autor achou que devia. A versão é tranquila, chega a ser gostoso de ouvir, totalmente relaxante. O detalhe maior na música é que o final agressivo da original foi apagado e no lugar dele, uma atmosfera zen acompanha as diversas batidas que mais parecem estalos dos dedos.


02. Crystalline (An-ten-nae Remix)
O começo da desta versão diz muito sobre o decorrer da canção: vozes que se assemelham a robôs dominam a música, dando espaço para as batidas enérgicas. A princípio, o que vem à mente é uma versão moderna de Kraftwerk, mas só os primeiros versos na voz de Björk para harmonizar os beats desse remix.


03. Crystalline (Tony Dominguez Crystalizing Galaxies Committee Remix 2011)
Como toda diva que se preze, um remix que dura em média de seis à nove minutos é uma boa alternativa para os baladeiros de plantão. E por que não tocar "Crystalline" na balada? O remix de Tony Dominguez é o mais recomendados para os DJs da House Music.


04. Crystalline (Alex Xenji Mine Mix)
Se "Crystalline" fosse uma canção do disco Volta (2007), ela seria esta versão. A canção começa como a versão original, porém ganha forças no decorrer revelando sua verdadeira origem. Para explicar melhor, pense em "Innocence" e "Declare Independence" misturadas com "Wanderlust" e "The Dull Flame Of Desire". Parece exagero, mas é exatamente como eu a defino.


05. Crystalline (Nazgul Rmx)
Esta é mais uma versão para as pistas de dança, também com um pouco mais de seis minutos e meio de duração. Se na anterior, a House Music estava presente, esta é uma verdadeira música de rave. A versão viaja pelo Psytrance de forma inacreditável com direito a break de Björk expressando a música.


Estas versões não são oficiais (pelos menos por enquanto), mas acredito que com elas não vai ter desculpa para não ouvir novos remixes de Björk na balada ou em casa.

Falando nisso...

"Cosmogony" é o próximo single de Biophilia, novo disco de Björk. Um preview da faixa pode ser ouvido abaixo. A capa do single também foi divulgada, confira clicando aqui.

O novo single será lançado na próxima terça-feira, dia 19 de julho!

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Tecnologia do Blogger.