MIXTAPE: WITCH KIDS GRAVEFLOOR


Hoje não é sexta-feira 13, mas essa mixtape vai te deixar com os cabelos em pé. Eduardo Pininga, amigo e (quase) colaborador do nosso blog, produziu um setlist místico com a temática Witch House. What?

Pra quem não sabe: Witch House, segundo a Wikipédia: é um synthpop obscuro, denso e com vocais fortemente alterados ou distorcidos. Sinônimos de ruído, drone ou shoegaze - possuem uma atmosfera sem precedentes e um referencial que pende ao sinistro.

Pesquisando melhor na internet, algumas pessoas descrevem o surgimento da Witch House como resposta ao surgimento da evangelização através das principais mídias. As letras são o oposto do divino e suas produções, muitas vezes, são tão bem elaboradas que os vocais acabam sendo distorcidos por vários elementos de som. Se você ficou curioso sobre a Witch House, o blog Nurvus postou um artigo completinho sobre o que é esse som.

Várias bandas que conhecemos hoje pela internet vêm desse gênero, o Nurvus postou uma lista de artistas que pendem para o Witch House - artistas como Creep, Zola Jesus e os novatos do Grimes. Aliás, até Lady Gaga entrou para essa relação depois de lançar músicas que falam sobre a religiosidade em seu último disco, o Born This Way.

A mixtape do Eduardo segue com vários desses artistas e rola até um bonus-track com uma música do Black Sabbath.


Planningtorock - The One
The Soft Moon - Primal Eyes
oOoOO - Hearts
Suicide - Ghost Rider
Ritualz (†‡†) - Third Eye Sixth Sense
White Rings - Roses
Austra - Beat and The Pulse
The Hundred in the Hands - Tom Tom
Talking Heads - I Zimbra
Woodkid - Iron (Remix by Gucci Vump)
Joy Division - Passover
Cold Cave - Life Magazine (An Optimo (Espacio) Mix)
Martin Rev - Baby Oh Baby
Creep - Days (Azari & III Remix)
The Velvet Underground - Venus In Furs
Telepathe - Devil's Trident
Black Sabbath - Children Of The Grave
The Dead Weather - Old Mary
Tecnologia do Blogger.